© Pé de Vento 2018 

a funarte apresenta

a ocupação transarte é uma ocupação artística multilinguagem que explora os temas da identidade de gênero e sexualidade.

são 30 dias de programação que reúne 50 produções e mais de 100 artistas, com mostra de espetáculos teatrais, shows, performances, exposição, cinema, mesas de debate, oficinas e concurso de drags. 
 

o evento acontece entre 05 de outubro e 12 de novembro de 2017, de quarta a domingo, na funarte mg, no centro de belo horizonte, com atividades gratuitas e a preços populares e classificação etária que varia entre livre e 18 anos.

os espetáculos tem ingressos a R$20 (inteira) e R$10 (meia). pessoas Trans não pagam!

as demais atrações são gratuitas (performances, cenas curtas, exposição, cinema, concurso, simpósio, oficina).

 
 

o evangelho segundo jesus, rainha do céu

calor na bacurinha

(bacurinhas, bh)

(sp)

ser - experimento para tempos sombrios

so+mos

(o somos, bh)

(toda deseo, bh)

5 6 7 8_out

qui sex sab_20h

dom_19h

reconstruindo e construindo uma jovem cristal

12 13 14 15_out

qui sex sab_20h

dom_19h

19 20 21 22_out

qui sex sáb_20h

dom_19h

26 27 28 29_out

qui sex sáb_20h

dom_19h

dandara através

do espelho

mulheres de tebas

(projeto transarte, rj)

(prática de montação, rj)

partilha de uma vivência

(bh)

(bh)

26_out e 02_nov

qui_19h

9 10 11_nov

qui sex sáb_20h

11_nov

18h

12_nov

18h

 

[ gratuito ]

tailor

8_out_17h

Tailor é um jovem cartunista do Rio de janeiro, que começou a desenhar quadrinhos para expressar questões de sua transexualidade e contar histórias de outras pessoas transgênero, como Miro, que têm dificuldade em encontrar testosterona sintética; Tertuliana, que atravessa um momento de catarse  na universidade; e Bernardo, que é negro, mãe, pai,  e descobre sua nova identidade. Um filme sobre pessoas trans, feito por pessoas trans.

duração_10 min

classificação_livre

direção_calí dos anjos

produção_bia medeiros

personagens_bernardo gomes, miro spinelli, orlando tailor, tertuliana lustosa

luana muniz, filha da lua

19_out_18h

“Travesti não é bagunça!” A frase gritada de uma das esquinas da Lapa, quando uma travesti bate num possível cliente, ecoou em milhares de televisores via programa “Profissão Repórter” em 2010. A frase virou bordão, letra de funk e agora será ouvida em som “surround” nas telas de cinema. O documentário “Luana Muniz - Filha da Lua” revela os bastidores deste episódio assim como outras polêmicas na vida da Rainha da Lapa, como era conhecida.

duração_76min

classificação_18 anos

direção e produção executiva_rian córdova e leonardo menezes

montagem_luisa breda

roteiro_rian córdova

mostra transarte de curtas

26 a 29_out_18h

A Mostra Transarte de Curtas abrirá inscrição, durante as 3 primeiras semanas da Ocupação, para curtas metragens produzidos em Minas Gerais que trabalhem sobre as questões de gênero e sexualidade. Os 10 curtas selecionados serão exibidos do dia 26 a 29 de Outubro.   

 

_inscrições

as inscrições são feitas pelo formulário_bit.ly/curtastransarte

+ informações pelo e-mail ocupacaotransarte@gmail.com

 

[ gratuito ]

noviça nº 3

8_out_18h

Quem nos alimenta? Quem controla nossas vida? Onde nós acorrentados? Quando sairemos do lugar de oprimido? Jogue pérolas a Galinha. Ela necessita de cuidados. Basta alimentá-la que ela será sempre fiel. 

 

duração_40 min

classificação_18 anos

performers_anna paula santos, galinha e samuel carvalho

julieta descapuletizada

14_out_18h30m

Criado em 2010, Julieta Descapuletizada é uma releitura da obra clássica de Romeu e Julieta. Julieta volta para a terra depois de sua morte para fazer e dizer tudo o que gostaria para o seu amado Romeu. Agora, ao invés de uma adolescente doce e frágil, vemos uma Julieta (des)vestida de toda repressão familiar, (des)reprimida de todo peso moral, (des)construída para potencializar todas as suas forças e desejos interiores.

duração_30min

classificação_18 anos

concepção e solo performance_davi giordano

minha história que nunca vi

20_out_19h

21_out_17h

Um espaço íntimo que é palco de luta. Quatro artistas, mergulhados numa cena, tecem uma dramaturgia de protagonismo artístico e político dos corpos trans.

 

duração_15 minutos 

classificação_18 anos

concepção e direção_bruno lelis, bremmer guimarães e igor leal 

elenco_joão maria kaisen, juhlia santos, libernina aninrebil e rodrigo carizu 

dramaturgia, figurino e cenografia_criação coletiva.

 

[ gratuito ]

Através de um formato de ateliê de criação performática, o curso desdobra uma pesquisa criativa sobre múltiplas possibilidades de concepção e realização de arte gay e outsider. Para isso, os alunos entrarão em contato com referências de artistas brasileiros e internacionais que trabalham com este viés de experimentação para que assim possam se inspirar na concepção e realização de seus próprios trabalhos.

As aulas funcionarão em modalidades de oficina, ateliê de criação e laboratório cênico, permeando diversas técnicas, metodologias, pesquisas e pedagogias alternativas que atravessam as diferenças, as vanguardas, o queer, o outsider, dentro outros. Os trabalhos criados durante a oficina serão performados no último dia numa Mostra Pública em formato de exposição performática.

oficina de performance e arte queer

12 13 14 15_out_15h às 18h

professor e performer_davi giordano (rs)

_inscrições encerradas

+ informações ocupacaotransarte@gmail.com

 

[ gratuito ]

O Transarte tem como marca promover o encontro de artistas, ativistas e pesquisadores da cena LGBT+ e nesta edição ele promove 5 mesas/palestras babadeiras ao longo da Ocupação.

 

Mesa dos Artistas / 08/10 às 17:30

Encontro entre os artistas que irão participar da Ocupação. Trocando sobre os seus trabalhos e expectativas enquanto artistas da cena LGBT+ brasileira.

 

Encontro dos Youtubers / 07/10 às 18h

Encontro entre dois famosos canais do youtube com mais de 100 mil inscritos: o do mineiro Lucca Najar que fala sobre suas experiências como homem trans e o Canal Drag-se, que reúne a nova geração de drags da cena carioca.

 

Palestra “Criatividade Queer: (Des)construindo a própria identidade” / 15_out_17h

Davi Giordano apresenta o que é "Coaching Criativo" e como é possível aplicar técnicas de desenvolvimento pessoal para pensar a construção e desconstrução da identidade no contexto queer. O artista propõe que o público reflita sobre o autoconhecimento como a arte mais desafiadora e provocante de todo ser humano. Na oportunidade também será lançado o livro “Praticando a Criatividade em sua Vida”.

 

Debate Acessibilidade Trans / 21_out_17h30m

O Simpósio abre um espaço para o pensamento teórico crítico sobre a inserção do público Trans nas diferentes esferas sociais, como saúde, educação, direito e arte.

Mediação: Alessandra Makeda (Fundadora do Fórum Nacional de Pessoas Trans Negras e Integrante da equipe do deputado Jean Wyllys)

Encontro dos Realizadores / 22_out_17h

Esta mesa reúne diversas instituições e projetos que impactam positivamente na causa LGBT.

 

Concurso Drag-Se

2 3 4_nov_20h

Este será o primeiro concurso do Canal Drag-se em Belo Horizonte. Serão 4 dias de concurso em que xs juradxs irão escolher qual a/o melhor performer drag de BH. Xs participantes poderão se inscrever pelo site do Transarte e serão escolhidxs 20 artistas drags para participar da competição. Quem vencer leva um prêmio de R$ 700,00 e a gravação de um vídeo para o Canal Drag-se. A abertura do concuso será com um show do grupo The Pulso em Chamas.

Inscrições em breve! ;)

 

Informações

-na página do evento: facebook.com/projetotransarte

-através do e-mail: ocupacaotransarte@gmail.com

O Drag-se

 

Drag-se é um convite à liberdade. Um movimento que celebra a diversidade através da arte, cultura e entretenimento. Educação, consultoria e fortalecimento da comunidade LGBT na luta por direitos civis e contra a discriminação.

 

Nossos eventos online e offline são produzidos e estrelado por drags. Temos uma programação vasta no youtube:  documentários ,  tutoriais de maquiagem, performances musicais, vlogs/programas de variedades das drags, mini entrevistas com os principais artistas LGBT do país e Drag Photo Studio, um programa de transformação e arte fotográfica! Além do youtube estamos presentes em desfiles, palestras, consultorias, pesquisas, debates e cineclubes! O canal já conta com mais de 50 mil inscritos.

The Pulso in Chamas

02_nov_20h

The Pulso in Chamas é uma banda composta por Drag Queens homens e mulheres de Belo Horizonte que veio para colorir ainda mais a cena musical. Tendo como base o empoderamento Negro, LGBT e a Representação Feminina, traz em seu repertório músicas que dialogam com essas temáticas, e claro, bota o povo pra dançar e cantar junto com nossas mais profundas lutas, desejos e toda nossa felicidade e lacração.

Vozes: Azzula, Bella La Pierre e Ventura

Guitarra: Miyza Phrika

Percussão e Escaleta: Juanita Chiquita Chihuahua

Baixo: Gabriel Estanislau 
Bateria: Bruno Guinú

 

O espaço Transolhar de Exposição convida o público a imergir no universo Transarte através do olhar das artes visuais para o tema investigado na Ocupação. O espaço terá como trabalhos permanentes a Instalação Transitar do artista Jefferson Rib e a Video Instalação XYZ do grupo SOMOS. O horário de visitação das exposições é de 17h às 22h.

Transitar

 

Transitar é um convite à imersão em cores, luzes, num corredor de sensações e de ressignificação de sentidos. Não saia da mesma forma que entrou - transite e transforme-se.

 

Concepção: Jefferson Rib

XYZ

 

Um manifesto às instituições, discursos e práticas que determinam o sexo, a sexualidade e o gênero. XYZ é o encontro de corpos e seu percurso para a construção de um organismo não-binário, “estranho” e mutável. Para aquele que ainda está tentando se tornar possível, a possibilidade é uma necessidade.

 

Concepção Artística: Tulio Cássio, Rafo Barbosa, Zadô Luz e Elisa Righetto

Pequenas Felicidades Trans

 

Através de histórias em quadrinhos, a artista Alice Pereira aborda questoes do universo trans.

Criação: Alice Pereira

 

suzy brasil (rj)

Desbocada, pornográfica e abusada. Esse trio de adjetivos são os mais indicados para descrever a mais popular drag queen do Rio de Janeiro. Suzy Brasil com mais de 20 anos de carreira está sempre com a agenda cheia, se apresentando em seis casas noturnas da capital fluminense. Atualmente é também uma das roteiristas e tem um quadro no programa Ferdinando Show.

walkiria la roche (BH)

Artista e militante transexual dos direitos LGBT+. Foi a primeira transexual a ocupar um cargo executivo no governo mineiro em 2006 sendo eleita coordenadora do Centro de Referência Homossexual de Minas Gerais. É membro da câmara técnica de segurança pública da Secretaria Nacional de Segurança Pública – Senasp, ocupa uma cadeira no Conselho Estadual dos Direitos Humanos de Minas Gerais e é docente no Centro de Treinamento da Polícia Militar do estado de Minas Gerais onde atua na capacitação de agentes perante o público LGBT+. Como artista se apresenta nas principais Casas Noturnas de Belo Horizonte.

Cristal Lopes (BH)

Atriz, bailarina e performer. Formada em Moda pela UNA. Atualmente é vice vereadora da Câmara Municipal de Belo Horizonte. Tornou-se referência das artes cênicas em BH e usa sua arte como forma de luta. Tem em seu currículo passagens pelos coletivos reafrolgbt de BH, Pretas em Movimento, Mooca, Toda Deseo e os Perifericxs. Em 2016 foi eleita a rainha da folia de rua do carnaval mineiro.

Lucca Najar (BH)

Lucca Najar, 26 anos, influenciador digital, contando hoje com mais de 50 mil inscritos no canal do Youtube, Cineasta, produtor de conteúdo audiovisual, homem trans e militante pela causa LGBT

Pandora Yume (RJ)

Pandora Yume não é personificação e não é homenagem. É experimentação e experimento. É mesquinharia cara e ironia pretensiosa. Projeto falho de masculinidade, virilidade flácida. É, não é e não queria ser o que sabe que é.

Bia Medeiros (RJ)

Cineasta, dirige e produz o canal Drag-se (youtube.com/dragsetv) com conteúdos produzidos por jovens drags do Rio de Janeiro. O canal já ganhou prêmio de melhor piloto para televisão no Festival Internacional de Televisão, com a websérie documental Drag-se, retrantando o cotidiano de novxs drags da cena carioca. A websérie foi veiculada em mais de setenta veículos midiáticos e já conta com mais de 3.5 milhões de visualizações no YouTube.

Betina Polaroid (Juradx concurso Drag-se) (RJ)

Beto Pêgo é publicitário formado pela UFRJ e fotógrafo com 20 anos de trajetória em diversas áreas da fotografia editorial, institucional e publicitária. Na imprensa, integrou a redação da revista de cultura LGBT SuiGeneris e foi colaborador em revistas da editora Abril e revista Trip. No terceiro setor, fez parte da equipe de comunicação da ONG Viva Rio e fotografou para campanhas do Instituto Promundo e Grupo Pela Vidda. Desde 2015 concilia a fotografia comercial com projetos ligados a sua personagem drag queen Betina Polaroid, fotografando eventos e performances com o olhar de quem vive a experiência drag. Betina integra a equipe do Drag-se não só como fotógrafa e artista drag, mas na produção de eventos e elaboração de projetos culturais.

Marco Aurélio Martins (Juradx Concurso Drag-se) (RJ)

Marco Aurélio Martins é psicólogo, pós-graduado em Sociologia pela Universidade de Coimbra (Portugal) e em Segurança Pública e Justiça Criminal pela UFF. Especialista em gênero e sexualidades, foi vice-diretor do Instituto Promundo, sendo responsável pela elaboração de campanhas e participação em redes globais sobre masculinidades e gênero, como MenCare e MenEngage. Coordenou e participou de iniciativas em diversas ONG’s brasileiras na área da prevenção da violência, cultura e empregabilidade para jovens em situação de vulnerabilidade, entre elas o Viva Rio e ISER. Atualmente, integra a equipe de produtores do Drag-se não apenas na produção de eventos, mas principalmente no planejamento de estratégias e ações para o fortalecimento da comunidade LGBT pela luta por direitos civis e contra a discriminação.