solitárias

Dramaturgia: Clarisse Zarvos

Colaboração: Daniele Avila Small

Atuação: Carolina Caju

Direção: Douglas Resende

Assistente de Direção: Kethellen Cajueiro

Iluminação: Ana Luzia Molinari de Simoni

Cenografia: Paloma Dantas

Figurino: Carla Costa

Assistente de Figurino: Elen Carvalho

Trilha Sonora: Natalia Carrera

Programação Visual: Jefferson Rib

Fotografia e Mídias Sociais: Rodrigo Menezes

Visagismo: Marianna Muricy

Assessoria de Imprensa: Duetto Comunicação

Produção: Pé de Vento Produções e Suma Filmes

Produção Executiva: Bia Medeiros

Documentação: Suma Filmes

Solitárias é um espetáculo teatral, criado a partir dos relatos de mulheres que foram presas e torturadas durante o período da Ditadura, presentes nos relatórios finais das Comissões da Verdade no Brasil.

 

As Comissões da Verdade dedicaram-se ao esclarecimento de casos de prisões ilegais, torturas e mortes ocorridas no Brasil a partir do golpe de 64 e publicaram os resultados das pesquisas. Parte dos relatórios é reservado aos depoimentos de mulheres presas e torturadas que revelaram as atrocidades sofridas após décadas de silêncio.

 

A peça, que utiliza dispositivos do Teatro Documentário, revisita esses relatórios, lançando uma reflexão sobre a institucionalização da violência e a importância de resgatar esses fatos no período atual do nosso país. As cenas vão sendo costuradas a partir de quadros que deixam no ar a questão: o que fazer quando o abuso do poder do Estado se repete ao longo dos anos?